Pais da Torrinha

  1. Resumo da Reunião com Representantes dos Encarregados de Educação

    No passado dia 5 de fevereiro de 2016, teve lugar uma reunião entre os representantes dos pais, a direção do Agrupamento Rodrigues de Freitas, a coordenação da escola básica da Torrinha e a associação de pais da escola básica da Torrinha. Segue –se um resumo dos assuntos abordados durante a reunião:

    1 – Face às inúmeras questões do horário das AEC’, e da forma como estão a decorrer, a direção respondeu que:

    O novo horário das AEC’s, foi lançado, este ano, como medida pioneira pela Câmara Municipal do Porto para fazer face ao elevado número de desistências por parte dos professores contratados e para que os alunos tivessem uma ligação mais próxima com o professor.

    Segundo o AERF (Agrupamento de Escolas Rodrigues de Freitas), o “feedback“ tem sido positivo no sentido da abrangência dos alunos. Há coisas a melhorar e, pretende a AERF elaborar proposta de análise, até ao final do ano, sobre a implementação do projeto bem como áreas de melhoria. A APEBT (Associação de Pais da Escola Básica da Torrinha) elaborará análise sobre o benefício. Vamos propor, também, possíveis AEC’s que vão de encontro às necessidades.

    2 – Questionamos a direção sobre as saídas da escola no final do dia e o “atabalhoamento” gerado. Sugerimos que os meninos saíssem de forma faseada ou que os 1º e 2º anos saíssem pelo portão principal e os 3.º e 4.º pelo portão de baixo ou, em alternativa, os meninos saíssem com intervalos de 5/10 minutos para permitir o escoamento sem que se gerasse confusão na saída.

    A AERF respondeu que não tem funcionários suficientes para permitir a saída dos meninos pelos dois portões devido ao absentismo. Disseram-nos, também, e foi corroborado por alguns EE (Encarregados de Educação) presentes, que há pais (crónicos) que se juntam na entrada do portão dificultando a saída dos meninos de uma forma ordeira. A Diretora do Agrupamento referiu que vai testar a saída dos meninos faseada conforme sugestão de uma EE.

    3 – Levantamos o problema da segurança na escola, nomeadamente do patrulhamento da unidade da PSP “escola Segura”.

    A Diretora referiu que é um problema recorrente, nomeadamente em duas vertentes. Segurança nas imediações da escola e confusão na via de acesso à escola. Referiu que, pelo conhecimento que tem, a PSP não dispõe de meios/viaturas para acorrer a todas as situações e que, sempre que é necessário a polícia está presente. Sugerimos que contactasse a CMP solicitando patrulhamento pela Polícia Municipal. Uma EE sugeriu ação de sensibilização junto dos pais.

    4 - Os recreios estão a ser supervisionados por dois professores e estão a incluir os meninos com necessidades especiais no grupo. Há uma escala de acompanhamento dos recreios.

    5 – Questionada sobre as ementas e a quantidade de comida distribuída, a Prof Deolinda referiu que foi uma questão pontual e que a situação foi resolvida de imediato.

    6 – Quanto à questão colocada por alguns EE sobre a utilização do ATL em dias de greve, a Diretora foi perentória ao afirmar que o acordo com a Junta apenas refere as franjas do dia, ou seja, período da manhã e período da tarde, não podendo esta utilizar as instalações no período letivo.

    7 – Quanto ao pavilhão do agrupamento, e a possível utilização nos períodos de não utilização, foi-nos transmitido que os horários libertos não são suficientes para cobrir todas as turmas, apenas o JI utiliza.

    8 – Demos conta da preocupação dos EE sobre a saída dos meninos da escola sem que as funcionárias se apercebam.

    A Diretora referiu que a o agrupamento vai estar mais atenta, que a falta de funcionários é uma realidade e que, os pais, por vezes, também não ajudam ao não afastarem-se dos portões. Referiu, ainda, que está prevista uma situação que deve preocupar a todos, a redução de 40 para 35 horas/semanais no horário dos funcionários.

    A APEBT vai levar esta situação à próxima reunião do Conselho Geral.

    9 – Solicitamos a criação de um “Banco de Voluntários” para ajudar nas tarefas da escola, bem como, com os meninos com necessidades especiais. Referimos a necessidade de trabalharmos a parte inclusiva e que há pais com disponíveis para ajudar nesse aspeto.

    A Direção do Agrupamento está recetiva.

  2. VOTEM NO HINO DA ESCOLA BÁSICA DA TORRINHA - "HERÓIS DA FRUTA"

    Votem na escola básica da Torrinha - Hino Heróis da Fruta

    A votação, aberta à participação de todos os adultos, decorre até às 23h59 do dia 10 de março e vai eleger quatro hinos finalistas por distrito ou região autónoma: os 3 mais votados e 1 mais partilhado através do botão "partilhar" na página de cada hino. Para encontrar a página do vosso hino no site dos Heróis da Fruta, [[CLIQUE AQUI]http://apcoi.pt/heroisdafruta5/web/hinodafruta/?fs&idhino=475]

  3. A 10ª edição da ‘Semana da Leitura’ decorre na nossa Escola de 18 a 25 de fevereiro.

    Centrada na temática «Elos de Leitura», a Rede das Bibliotecas Escolares apresentou esta iniciativa sugerindo “que se criem momentos de reflexão em torno de questões atuais e determinantes, como a globalização e a necessidade de aprendermos a lidar com a complexidade de um mundo heterogéneo, desenvolvendo ELOS que suportem o entendimento entre os povos.”

    Preenchida com várias atividades, dar-se-á destaque à obra de Luísa Dacosta, prosa poética invulgar, inspirada em afetos.

    A sessão de encerramento, um momento partilha de leituras em final de tarde, terá lugar no dia 25 de fevereiro, pelas 17h, na Biblioteca Escolar.

    Oportunamente será enviado um convite a toda a comunidade educativa. Biblioteca Escolar da Torrinha, 15 de fevereiro de 2016

  4. Novos Membros da Associação de Pais da EB da Torrinha 2014-2016

    alt text

  5. ASSEMBLEIA GERAL ELEITORAL CONVOCATÓRIA

    Em conformidade com os Estatutos da Associação de Pais da Escola Básica com Jardim de Infância da Torrinha, convoco todos os associados para a Assembleia Geral Eleitoral, a realizar no dia 18 de dezembro do corrente ano, entre as 17h45 e as 19 horas, no átrio de entrada da Escola, sito na rua da Torrinha, n.º 288, com a seguinte ordem de trabalhos:

    1.Eleição dos membros dos órgãos sociais para o ano letivo 2014/2016.

    a) As listas que se queiram submeter a sufrágio devem ser enviadas à presidente da Mesa da Assembleia Geral, devendo os candidatos apresentar um programa de ação para o período do mandato.

    b) As listas deverão dar entrada na caixa de correio da Associação de Pais (sita no átrio de entrada da Escola) ou enviadas por e-mail para info@paisdatorrinha.com até ao dia 16 de dezembro.